Lourenco da Cunha

Vem referenciado nas Memorias do Cirilo Wolkmar e, por default, com certeza no Dicionario do Pamplona. De qualquer forma, e uma surpresa ve-lo em leilao. E com uma estimativa de 300-500 euros, uma pechinca. Saiu por cerca de 800 euros no PCV em Marco, ainda um valor irrelevante. Invejo o inteligente comprador, ja que tao cedo nao se vera outro desenho deste pintor no mercado.

'Ruínas de Cápua', aguarela sobre papel, assinado, dim.: 24,5 x 35 cm.

'Ruínas de Cápua', aguarela sobre papel, assinado, dim.: 24,5 x 35 cm.

Nasceu em Lisboa, onde também faleceu em 1760. Considerado no seu tempo como o melhor dos pintores portugueses, no género de arquitectura e perspectiva, e de que Cirilo Wolkmar Machado faz honrosa menção nas suas Memorias, a págs. 196 a 198. Esteve em Roma, onde estudou cenografia, e regressando a Portugal em 1744, pintou para o teatro da Rua dos Condes muitas cenas, que foram calorosamente aplaudidas pelos entendedores. Wolkmar Machado, nas Memorias a que nos referimos, diz também, que relativamente ao seu merecimento como prático, talvez igualasse Baccarelli, mas que o excedia em teoria, e como pintor de decoração era o émulo de Bibiena. Ornou de muitas pinturas as igrejas de Lisboa. Lourenço da Cunha foi casado com D. Jacinta Inês, e pai do notável matemático José Anastácio da Cunha“.
in Portugal Dicionário Histórico, Corográfico, Heráldico, Biográfico, Bibliográfico, Numismático e Artístico.

One thought on “Lourenco da Cunha

  1. Pingback: Desenhos « Utz

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s