Holkham Hall

Photo: Pedro Serrao

Photos: Pedro Serrao

O meu dia de Páscoa foi passado em Holkham Hall, Norfolk, um dos mais interessantes exemplos do neo-palladianismo ingles. O conjunto casa-interior-parque não sofreu grandes alteracões desde o século XVIII (casa construida entre 1734-64), sendo por isso um produto paradigmático do Grand Tour realizado pela aristocracia inglesa. Varias geracões da familia Coke, que ainda reside na propriedade e a gere, o fizeram.
O primeiro Earl of Leicester, Thomas Coke, em viagem pela Europa, conheceu William Kent, assim como Lord Burlington, as duas principais figuras do neo-palladianismo. Coke e Kent visitaram juntos o norte de Italia e voltaram fascinados por Palladio e os seus edifícios classicizantes. Ja em Inglaterra, Coke, com a ajuda de Kent e Burlington, passou à accão. A construccão (1734-64) exigiu um esforco financeiro tal, que as geracões seguintes nunca tiveram dinheiro para fazer grandes renovacões. Felizmente, já que o resultado é um interior intocado, com os móveis feitos então ainda in situ. Para mim, foi fascinante ver a suite de cadeiras, provavelmente desenhada por William Kent e feita por Benjamin Goodison assim como as mesas desenhadas por Kent e feitas por Mathias Lock (com mosaicos provenientes da Villa Adriana em Tivoli a fazer de tampos) Estas duas mesas estão sob a Fuga para o Egipto de Rubens, assim como o retrato do Duque de Arenberg, de Van Dyck. Para além destes dois quadros, a pintura resume-se aos nomes tipicos do Grand Tour: Claude, Poussin, Vernet, Maratta, Batoni… Interessantes mas não do mesmo nível.
Como pop culture – foi aqui filmado o filme A Duquesa. Várias salas e o incrível hall de entrada, substituiram a Devonshire House, residencia londrina dos Duques de Devonshire, já demolida. Outras casas foram usadas no filme – Chatsworth naturalmente e Keddleston Hall, que substituiu Althorp, casa dos Spencer onde nasceu a personagem principal já que, segundo dizem, o actual Earl Spencer pediu demasiado dinheiro para ali filmar.
Quando visito estas casas com forte influencia palladiana, sejam elas Kent, Burlington ou Adam, não consigo deixar de pensar no Hospital de Santo António, provavelmente o edifício mais subestimado de Portugal. Um post sobre John Carr, arquitecto deste hospital, um dia mais tarde.

Photos: Pedro Serrao

Photos: Pedro Serrao

Advertisements

2 thoughts on “Holkham Hall

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s