John Hobbs vs Dennis Buggins

Há pouco mais de um ano o Sunday Times, na primeira página, lancou a bomba que um renomado antiquário de Londres, de acordo com o seu “restaurador” Dennis Buggins, estava a vender pecas falsas. Pecas feitas ou re-feitas com pecas antigas.
John Hobbs, com loja em Pimlico, negou as afirmacões sem nunca as conseguir verdadeiramente rebater. Com centenas de clientes – onde se destacavam nomes como os dos Getty ou os Wexners, de Valentino e de Oscar de la Renta – Hobbs teve de fechar a sua loja e pouco mais se ouviu dele. Ninguém nega que ele tinha um exquisite taste e apresentava sempre pecas extraordinárias. Pelos vistos, algumas mais extraordinárias que outras.
Os dois artigos do Times aqui e aqui. Mas a história vem melhor contada no New York Times, já que as ondas de choque foram bem maiores nos Estados Unidos. Pelo seu estilo mais continental, com um pouco de fantasia e cor, todos os decoradores importantes de NY procuravam John Hobbs para encontrar os móveis certos para os seus projectos. Capítulo segundo da telenovela vem num artigo seguinte também no NY Times, onde a relacão com o irmão Carlton, também ele antiquário e cliente de Buggins, mas ha uns anos estabelecido em NY vem explicada. Como nota interessante, John Hobbs não fazia feiras, evitando assim o veto dos seus pares. Carlton, já este ano, apresentou-se pela primera vez na feira de Olympia. E não foram só privados que se deixavam enganar. Leiloeiras tambem, Christie’s incluida. Uma história fascinante que comeca já a ser história, mas que vale a pena ler para quem não ainda a ouviu.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s