A descoberta da porcelana

Vases_185x270_630859a

O Morgan era um dos cinco rapazes na minha turma de 45 alunos no meu ano no Sotheby’s Institute. Distinguia-se não só por isso mas também por outras duas razoes: por ser bastante esperto e pelo facto das suas histórias serem sempre divertidamente míticas e pouco credíveis, to say the least – como por exemplo ele ter feito parte do exército romeno e ter combatido numas trincheiras quaisquer (by the way, ele era de Seattle).
Quando comecaram a surgir os primeiros rumores que ele teria provado a descoberta da porcelana na Europa quarenta anos antes de Bottger em 1709, eu achei divertido e assumi-os como parte de mais um dos seus contos. A verdade é que ele está realmente envolvido em novas investigacões sobre três vasos que se pensavam de vidro, tradicionalmente atribuídos ao Duque de Buckingham e que afinal poderão ser mesmo porcelana.
Depois de uma visita a Burghley House que fizemos como o nosso professor Gordon Lang – curator emérito da casa e quem descobriu um destes vasos – Morgan decidiu investigá-los e analisar o existente em Burghley com novas técnicas disponíveis. Isto levou a novas interrogacúes e investigacões agora apresentadas na revista do English Ceramic Circle.
Artigo no Times revela a história, mas a questão é bem mais complexa do que a descrita, como escreve o grande especialista de ceramica John Mallet em carta ao mesmo jornal. A comecar, como ele diz, na definicão da porcelana.
A procura da fórmula da porcelana (como os chineses faziam) fascinou muita gente, levou à morte de várias, à falencia de muitos e sempre foi aceite que tinha sido Bottger (ou pelo menos von Tschirnhaus no mesmo contexto) a descobrir finalmente o segredo da hard-paste porcelain. Por isso, embora seja um assunto um pouco técnico, uma novidade destas, caso se prove, é realmente revolucionária. De qualquer das maneiras, e existindo apenas três pecas conhecidas e por não ter tido consequências na producão ceramica inglesa ou europeia, demorará muito tempo até alterar as ideias estabelecidas.

2 thoughts on “A descoberta da porcelana

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s